Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

Seguidores

terça-feira, 23 de fevereiro de 2021

LAURA RIDING



VERDADE



Sempre procuramos a Verdade.
Ela tem medo de ser pega.
Livros são gaiolas.
Verdade não é um canário
Para ciscar palavras com paciência
E morrer depois de comer todas.

A verdade não gostaria de viver
Na cabeça ou na garganta ou no coração de alguém.
Não tente acha-la ali.

A verdade não é dríade pra ser punida numa árvore
A verdade não é nenhuma náiade.
A verdade certamente se afogaria numa fonte.

Deixe a terra em paz.
A verdade não deixa pegadas.
Não escute
Até o silencio se pôr com a lua.
A verdade não faz ruídos.
Não siga a luz
Que segue o sol
Que segue a noite.
A verdade dança além da luz
E do sol
E da noite.
A verdade não pode ser vista.

Deixe a curiosidade ficar em casa.
Ela pode se perder.
(A verdade frequenta antros estranhos.)
Se, criança, o segredo se calça,
Um dia será imprudência.

Deixe a verdade em paz.
A verdade não pode ser pega.
Acho que ela não vive nada, não,
Pois teria medo de morrer, então.
.



- Laura Riding "Mindscapes - poemas". [seleção tradução e introdução Rodrigo Garcia Lopes]. São Paulo: Iluminuras, 2004.



Biografia AQUI

19 comentários:

Isamar disse...

Olá Elvira,
Espero que continue tudo bem consigo.
Um belíssimo poema repleto de verdades!!! Gostei bastante.
Obrigada por nos dar a conhecer mais uma talentosa Poetisa!
Votos de uma semana feliz, beijinho!

Graça Pires disse...

Laura Riding. Poeta que não conheço, mas gostei de a ler aqui neste poema.
Uma boa semana com muita saúde minha Amiga Elvira.
Um beijo.

chica disse...

Muito linda a poesia e de verdades precisamos sempre,aliás, o mundo precisa! beijos, tudo de bom,chica

Fê blue bird disse...

Adorei e achei muito interessante esta verdade tão profunda e avassaladora.

UM beijinho e boa semana com muita saúde Elvira.

Cidália Ferreira disse...

Gostei da publicação, Obrigada!!
-
Coisas de uma Vida
-
Beijo e uma excelente semana.

" R y k @ r d o " disse...


Poema lindíssimo que me fascinou ler.
.
Cumprimentos poéticos
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Megy Maia disse...

Como é bom viajar atrás da palavra Verdade.
Um beijinho no seu coração, querida amiga Elvira.
Megy Maia☔💮☔

SARA disse...

Poema muito lindo amei de coração um beijo.

Jorge Sader Filho disse...

Lindo, querida Elvira! E mais: eu entendo exato!
Beijo, minha amiga!

lua singular disse...

Oi Elvira,

Lindo poema!
Gostei demais
Beijos no coração
Lua Singular


HD disse...

Poucos chegam a reconhecer a verdade... :-)
Abraço e saúde

Os olhares da Gracinha! disse...

Verdade... tal difícil de se encontrar!
Obrigada por dar a conhecer!
Bj

lua singular disse...

Oi Elvira
Você escreve muito
Que pena!
Beijos
Lua Singular

Maria Rodrigues disse...

A verdade devia estar sempre presente na nossa vida.
Lindíssimo poema.
Beijinhos

Mar Arável disse...

A verdade conquista-se
mas é preciso não a tornar absoluta

Pedro Luso de Carvalho disse...

Olá, Elvira, não conhecia a poetisa Laura Riding, agradeço pela partilha desse belo poema.
Um feliz final de semana, com saúde e paz.
Um abraço, amiga.

mz disse...

Não conhecia, Elvira.
Boa partilha poética para reflecção.

Um abraço.

Roselia Bezerra disse...

Olá, querida amiga Elvira!
A verdade real só Deus pode ver e aí mora o segredo do nosso viver na consciência reta. Ele sabe de todas nossas intenções.
Esteja bem, amiga, proteja-se!
Beijinhos
🙌🏡🙏👼🍀💐😘

São disse...

Não conhecia!


Beijinho, sonhos bons