Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

Seguidores

sexta-feira, 21 de maio de 2021

ODETE COSTA SEMEDO







Eu e a poesia



Eu e a poesia
A confissão
O prazer
O gosto de dizer
Sem reprimir
O prazer de dar
O que se quer
A viagem segura
Num mundo incerto
A magia do som
Da música, do ritmo
O prazer da viagem
A visão da natureza
Pura ou não
A Providência sempre
Ou nunca presente
Poesia amor
Construção

Fuga e reencontro



- Odete Semedo, no livro "Entre o ser e o amar". Guiné-Bissau: Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas, 1996.



Odete Costa Semedo já é repetente. Para quem não conhece, AQUI  podem encontrar a sua biografia.

12 comentários:

" R y k @ r d o " disse...

Poema lindíssimo da Odete Semedo, que muito gostei de ler.
.
Abraço fraterno.
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

Roselia Bezerra disse...

Bom dia de paz e saúde!
Na poesia, a Providência sempre.
Tenha dias abençoados, querida amiga Elvira!
Beijinhos carinhosos e fraternos

ematejoca disse...

ODETE COSTA SEMEDO uma ilustre desconhecida.

chica disse...

Lindo poema e tu sempre trazendo belas escolhas! beijos, chica

Marta Vinhais disse...

A poesia é isto tudo e muito mais...
Gostei muito...
Em resposta à pergunta que deixou no meu blog, é essa Natália...perdeu o amor da vida dela e encontrou conforto nos braços do Nicolau.
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

María disse...

Y que es poesía? Cuando tu lo expresas tan bonito.

Besos.

lua singular disse...

Oi Elvira
Uma linda poesia de Odete Semedo
Parabéns
Obrigada
Beijos
Lua Sinfgular

Micaela Santos disse...

Lindas palavras com uma sensibilidade poética fantástica, assim é a poesia!

Gostei muito!
Beijinhos e muita saúde!

natureza de poeta disse...

Um belo poema, gostei muito.

Um abraço

Siby disse...


Un poema que me ha fascinado
Leerlo.

Besitos dulces
Siby

manuela barroso disse...

Lindíssima poesia de Odee Semedo com a enorme sensibilidade e quem sabe os meandros da arte poética.
Boa escolha , Elvira
Beijinho

natureza de poeta disse...

Um belo poema, gostei muito.

Um bom final de semana
Um abraço