Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

Seguidores

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

CORA CORALINA



Coração é Terra que Ninguém Vê

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Sachei, mondei - nada colhi.
Nasceram espinhos
e nos espinhos me feri.

Quis ser um dia, jardineira
de um coração.
Cavei, plantei.
Na terra ingrata
nada criei.

Semeador da Parábola...
Lancei a boa semente
a gestos largos...
Aves do céu levaram.
Espinhos do chão cobriram.
O resto se perdeu
na terra dura
da ingratidão

Coração é terra que ninguém vê
- diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não.
Terra de lagedo, de pedregulho,
- teu coração. Bati na porta de um coração.
Bati. Bati. Nada escutei.
Casa vazia. Porta fechada,
foi que encontrei...
Cora Coralina

Biografia. Como Cora Coralina já faz parte desta casa , quem quiser a sua biografia é só ir à caixa de pesquisa deste blogue e procurar Cora Coralina

12 comentários:

" R y k @ r d o " disse...

Bom dia

Quantas vezes ao longo da vida batemos à porta de um coração e ele não se abre. Plantar, regar, colher as suas "pétalas", faz parte do imaginário humano. Só que, embora não o desejemos, existem corações totalmente encerrados e não visíveis aos olhos que gostariam de o ver abrir a "porta" e...viver.
.
Feliz fim de semana

Os olhares da Gracinha! disse...

Gosto da escrita e este não ficou atrás!!!
Bj

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de sábado, querida amiga Elvira!
Gostei de conhecer mais uma poesia de Cora e já estive na casa em que ela morou e na sua obra de doces que fazia, em Goiás Velho, GO, foi um ótimo momento que tive por lá.
A simplicidade dela é uma extraordinária lição de vida...
Vamos poetando e fazendo 'doces' como o post seu aqui.
Tenha um final de semana abençoado e feliz!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Majo Dutra disse...

Era, sem dúvida, inteligente e sensível e a sua escrita
além de outras qualidades, era interessante, como prova
este poema.
Bom e feliz domingo, Elvira.
Abraço 💐
~~~

HD disse...

Maravilhoso amor campestre... *_*
Abraço

Isamar disse...

Olá,
Gostei bastante deste poema!
Mais uma vez a Elvira nos presenteia com estas Poetisas maravilhosas!
Obrigada.
Votos de uma feliz semana!
Beijinhos

Marina Filgueira disse...

¡Hola Elvira!

Qué bello poema este de Carolina sabia poeta, siempre escoges lo mejor para nuestro deleite.

Sin duda la biblia nos habla de esto, hemos de acertar a sembrar buena semilla y en tierra fértil, pues si las semillas caen entre tierras áridas, nunca darán frutos buenos.

Todo un placer leerte, amiga.
Te dejo un abrazo y mi gratitud. Feliz semana.

Daniela Silva disse...

Lindas palavras 😊



Beijinho no coração e votos de uma boa semana
Blog |danielasilva-oficial.blogspot.com
Loja | www.facebook.com/danielasilvaqb

PROFESSORA LOURDES DUARTE disse...

Olá amiga!
Atualizando minhas visitas, já com saudade e apreciando sua bela postagem.Verdade amiga, coração é terra que ninguém ver. Nem sempre um rostinho lindo traz um bom coração ou visse versa. Amei sua poesia, parabéns!

Deixo aqui um pensamento da Cecilia Sfalsin,
repleto de desejos bons para nós.
“Que o nosso dia seja como Deus quiser!
Que a vontade dEle prevaleça sempre,
que os propósitos dEle se
cumpram em nossa vida,
que o amor dEle nos renove, e que Ele
responda com milagres cada pedido
nosso feito a Ele em oração”.
Amém!
Abraços da amiga Lourdes Duarte.


silvioafonso disse...

Não é só sertanejo que nasce
em Goiás não, gente. Cora Coralina
também.
Beijos, Elvira querida.

Olinda Melo disse...


Um dos mais belos poemas de Cora Coralina.
Sensível e talentosa.
Adorei lê-lo aqui, Elvira.

Obrigada

Beijo

Olinda

lua singular disse...

Oi Elvira
Estou sempre por aqui
Adoro as poesias de Cora Coralina
Beijos no coração
Lua Singular