Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

ALDA LARA


PRELÚDIO
Pela estrada desce a noite
Mãe-Negra, desce com ela...
Nem buganvílias vermelhas,
nem vestidinhos de folhos,
nem brincadeiras de guizos,
nas suas mãos apertadas.
Só duas lágrimas grossas,
em duas faces cansadas.
Mãe-Negra tem voz de vento,
voz de silêncio batendo
nas folhas do cajueiro...
Tem voz de noite, descendo,
de mansinho, pela estrada...
Que é feito desses meninos
que gostava de embalar?...
Que é feito desses meninos
que ela ajudou a criar?...
Quem ouve agora as histórias
que costumava contar?...
Mãe-Negra não sabe nada...
Mas ai de quem sabe tudo,
como eu sei tudo
Mãe-Negra!...
É que os meninos cresceram,
e esqueceram
as histórias
que costumavas contar...
Muitos partiram pra longe,
quem sabe se hão-de voltar!...
Só tu ficaste esperando,
mãos cruzadas no regaço,
bem quieta bem calada.
É a tua a voz deste vento,
desta saudade descendo,
de mansinho pela estrada...
                                                     

Alda Lara é uma das minhas poetizas preferidas. Por qualquer razão que desconheço, ela é a grande esquecida na poesia portuguesa. Talvez por ter nascido em Angola.   AQUI  podem ler a sua biografia.

9 comentários:

Os olhares da Gracinha! disse...

Obrigada por dar a conhecer!
Gostei do poema...bj

Janita disse...

Felicito-a por nos dar a conhecer poetizas de tanto valor, desconhecidas para a maioria do grande público, amante de poesia!

Bom fim de semana e obrigada.

Cidália Ferreira disse...

Postagem maravilhosa

Beijos
Bom fim de semana

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Que poesia linda e tocante,Elvira,querida amiga.

Lembrou-me as escravas antigas que criavam os filhos dos brancos e depois eram esquecidas.

Emocionante e incrível não darem o devido valor a essa poeta maravilhosa.

Beijos sabor carinho e um fim de semana de paz e bênçãos

Donetzka

Evanir disse...

Não é por falta de carinho,
que tenho ficado ausente do meu blog.
Estou sim com alguns motivos ,
que tem me inpedido de fazer visitas.
Mas jamais esquecerei a grandeza da nossa amizde,
que lia nossa e ficava sempre a me perguntar.
Um feliz tarde desse sabado
Um Domigo abençoado.
Beijos,,Evanir.

Donetzka Cercck L. Alvarez disse...

Reeditei meu texto "Aprendendo a amanhecer" e postei novamente porque estava difícil de ver a aba para comentar. Basta descer bem a página no final do texto que a aba dos comentários está bem abaixo do post.Desculpe,mas tive que copiar para avisar a todos.

Beijos sabor carinho e lindo domingo

Donetzka

Maria Rodrigues disse...

Confesso que não conhecia a poetisa, obrigado pela partilha, adorei o poema.
Beijinhos
Maria de
Divagar Sobre Tudo um Pouco

FILOSOFANDO NA VIDA Profª Lourdes Duarte disse...

Amiga, uma bela homenagem a mãe negra com uma linda poesia! Parabéns! Grata pela visita ao meu cantinho, saibas que serás sempre bem vinda! Abraçoss

成人網站 disse...

免費a片下載無碼有
線上看a片直播a片下載
色a片色情自拍影片庫
線上看a片直播a片下載
免費成人a片直播
a片
a片寫真
免費a片下載無碼有
免費a片
a片a漫

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...