Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

MARIA DA LUZ PEDROSA





É NATAL







É Natal e por esse Mundo,

Quantos Corações sem Esperança

Quantas Lágrimas Rolando

Num Rostinho de Criança



Quanta Criança Descalça,

Rotinha, Magra, Faminta,

Apelando para o Mundo

Na Rua Estende a Mãozita..
.


Ah se eu fosse Poderosa

Bem Mais do que um Simples Ser,

Não Haveria no Mundo

Uma Criança a Sofrer



Por isso meu Bom Jesus

Quando o Sino Badalar

Vou fazer uma Oração

Tua Imagem Adorar



Pedirei Paz para o Mundo

Muito Amor para os Pequeninos

Alegria para os que Choram

E Pão para os Pobrezinhos



E Ajudando os que Sofrem

A Cada um Dando a Mão

Passaremos um Natal

Com mais Paz no Coração.



Maria da Luz Pedrosa

4 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Lindo demais! Parabéns e obrigada por partilhar connosco "boas novas".


Beijo e uma noite feliz.

Gil António disse...

Simplesmente maravilhoso. Adoro a poesia que aqui se escreve. Doce e divina
.
Hoje
Margens de sedução de branca espuma
.
Deixando um abraço poético.
Bom dia . Domingo feliz
.

Ricardo- águialivre disse...

Amei o seu poema. Lindo demais. FELIZ NATAL
.
Poema livre
.
O GRITO DO SILÊNCIO DOS AFLITOS.
.
Que a luz do amor ilumine o seu coração
.

CÉU disse...

Olá, estimada Elvira!

Um poema com essência, cheio de boa vontade, mas comum.

Li nos comentários, que deixa nos blogues, que vai para Lagos e os telemóveis não dão jeito nenhum para consultar e comentar blogues. Tenho a mesma opinião.

Caso já não nos falemos este ano, desejo-vos um Santo Natal e um Ano Novo Excelente.

Beijos para todos vocês.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...