Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

domingo, 23 de agosto de 2009

TÂNIA TOMÉ

Foto da net

África Inexplorada


Eu sou a parte de toda África

Ainda inexplorada

Onde batuque

Se auto musica

No orvalho terrestre

Nas aguas ainda mudas

Que correm a mutação

Das savanas e das pestes

Eu sou África ainda pura

Que nos seus campos virgens

Ainda adora o sol

E o canta pentatónica

Com a felicidade de existir

Sou África em cada pedaço de mim

E cada pedaço de mim a existir

Mupipi sobrevoando o grão

Urdindo o cântico litúrgico

Da utopia nas sementes

Marrabentando o futuro

Com mesmo sol dendêm

Das acácias e das palancas

Das palmeiras alcançando o céu

Eco ritmando o mistério e o feitiço

Da mãe ventrando a terra una

E da mão carne e alma de mulher

Eu sou a África profunda

Nos montes e ilhas

Que clamam os quatro ventos

Do sonho e dos horizontes

Que nos escorrem pelos dedos

No desacredito dos desertos

E das rochas esquecidas

Sou eu África fecunda

Que te escrevo

No sabor do lirismo que nos une

Na poesia dos povos

Neste exotismo de ânsias

Que nos sonha

Parte da África ainda inexplorada.


Tânia Tomé


biografia:

Tãnia Teresa Tomé nasceu a 11 de Novembro de 1981,na cidade de Maputo em Moçambique. Desde cedo que nutre uma paixão fulminante pelas artes, e com ela vai crescendo nos envolvimentos e interacções que vai tendo na vida artístico-cultural.

Cantora, compositora e declamadora são as outras actividades que a identificam e que vai exercendo para além da actividade profissional[Analista de Risco de Crédito no Banco].É Licenciada em Economia e Pos-graduada em Auditoria e Controlo de Gestão pela Universidade Católica Portuguesa [Portugal,Porto].

Faz parte de uma antologia Palop, para além de participações em alguns boletins e jornais, é membro da AEMO [Associação dos escritores Moçambicanos], e faz parte de um Movimento cultural [100 critica] composto por artistas que promovem recitais de poesia e música tradicional e acústica em Moçambique [Meu país Amado].

Participou em alguns projectos de poesia e declamação,de referenciar 'Dentro de mim outra ilha de Júlio Carrilho' com Jaime Santos [Declamador Moçambicano], e participação na Feira da Voz no Franco-Moçambicano como Júri de Declamação e actuação com Eduardo White [Poeta Moçambicano], ganhou alguns prémios de poesia, e têm 'mão' alguns projectos para o futuro presente.

Esta aberta a critica construtiva, a reflexão, a opiniões variadas, e a conselhos.A vida é uma recta continua de aprendizagem, qualquer amadurecimento implica o reconhecimento de ainda necessitar de crescimento, e da consciência exacta de se ainda ser pequeno,mas não obstante ter uma tarefa enorme a cumprir: com a minha acção socio-cultural individual contribuir com o crescimento do meu País [MOÇAMBIQUE] e do mundo que me gira a volta.

' Escrevo,para que numa dimensão sem espaço e sem tempo, eu possa interagir comigo e com os outros. Promovendo cultura para todos, conscientizando pessoas, alimentando espíritos e fazendo emergir por momentos constantes e incessantes 'PRAXIS' E 'GNOSES'. Para que possa eu, ver de mim a crescer e aprender com tudo e todos os que me possam guiar. E com isso contribuir com o que tenho na alma e na mente para fazer crescer outrem, fazer crescer meu MOÇAMBIQUE, fazer crescer MUNDO '

Tânia Tomé


Fonte

http://www.poetasdelmundo.com/verInfo_africa.asp?ID=1740


11 comentários:

Fernanda disse...

Bom dia Amiga Elvira,

Sem dúvida, aqui respira-se poesia por todos os poros.

Infelizmente e apesar de amar a poesia não tenho o menor jeito para a escrever.

Tenho contudo, uma grande amiga (quase família - prima por afinidade) com livros, especialmente de poesia publicados, que gostaria de ver a sua obra mais divulgada.

Vou deixar aqui um dos deus poemas, depois venho saber a sua opinião.

Olha-me

Abre-me o caminho
Até ao centro do teu coração.
Toca-me na mão
Até sentir a ondulação da tua pele.
Olha-me demoradamente
Até que no céu hajam estrelas.
Enconcha-me no teu colo
Até que o orvalho envolva a madrugada.
Cobre-me com os teus braços
Até o dia nascer.
Fica.
Fica até que o vento norte
Esfume os receios que povoam a noite
Por não te saber…meu.
Olha-me.
Fica,
Fica…
Poema de Maria José Areal, publicado no seu livro “Sabor a Sal e a Mel” em 2006

Beijinhos

Fernanda disse...

Amiga Elvira,
`
É absolutamente incrível, também já publiquei esse poema dela no Sempre Jovens.
Actualmente é ela própria, também colaboradora que o faz.
Está de férias e só fez dois posts em nome pessoal.
Até há pouquíssimo tempo era eu que o fazia.

Vou ver o seu e-mail e mando-lhe já a biografia dela.
Obrigada

São disse...

Mais um boa proposta poética, sim senhora!

Parabéns pela pesquisa.

Um abraço grande.

mariabesuga disse...

Gosto de encontrar propostas que não conheço e me aliciam a descobrir mais...

Obrigada, Elvira
Beijinho

Maria Clarinda disse...

Maravilha...obrigada pela partilha. Jinhos mil

Princesa disse...

espectacular
Obrigado pela visita em meu blog
A felicidade é construída todos os dias, nos pequenos detalhes, nos encontros e nas reflexões.
Eu acredito na felicidade e
sei que Deus diz sim para aquilo
em que acreditamos. Se sua vida não está
do modo como você gostaria,
dê um jeito de transformá-la.
É o maior presente que pode dar a si mesmo.

um beijo

MENSAGENS AO VENTO disse...

__________________________________


Muito bonito o poema! Parabéns para autora e obrigada a você, por ter compartilhado conosco, amiga...


Beijos no coração!

Zélia ( Mundo Azul)


_________________________________

Fernanda disse...

Amiga Elvira,

O Sempre Jovens decidiu distinguir o seu Blogue com o prémio Comprometidos Y Mas,2009.

Parabéns.
Beijo

Menina do Rio disse...

Belissimo poema, Elvira. E que bom que compartilhas consoco e vamos conhecendo tantas histórias maravilhosas!

Fica com um beijinho e tem um ótimo final de semana

Proprium disse...

Olá. A Tania é uma grande mulher. Seu blog é mui interexante. Adorei sim. Abraços poéticos.

Deusa Odoyá disse...

Minha querida.
Lindo..
Parabéns pois escolhes o que há de melhor em poesias.
Parabéns por esse belo trabalho e incentivo aos seus amigos blogueiros.
Uma semana de muita paz, e luz.
Beijinhos amiga.
Regina Coeli.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...