Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

Seguidores

sexta-feira, 24 de abril de 2020

NONAME


E depois?

Cremados os mortos
Curadas as feridas dos vivos
Subvertidos
os princípios, os tratados, as análises

O que restará?

Talvez, a palavra por dizer
em forma de poesia
Rimando,
O coração na mão - com o aperto no peito
O frio na barriga - com o grito na garganta

AMOR
alguém dirá

Então
na nova aurora
cantarão os pássaros
como se o mundo
nunca tivesse acabado


Noname


Nonane, é o pseudónimo utilizado por uma amiga da blogosfera, que diz não ser poetisa, mas escreve pérolas como esta. A Noname tem dois blogues que podem visitar AQUI ou AQUI

17 comentários:

chica disse...

Adorei ver a poesia da Noname.Inspiradissima!b j s às duas,chica

Toninho disse...

Uma bela poesia que faz reflexão sobre o amanhã,
o depois que sempre nos incomoda e também acorda,
para o viver hoje, já que o amanhá é tão distante.
Bela poesia da Noname.
Abraços amiga e grato pela partilha.
Um bom domingo para uma semana leve.
A gente via vencer.

" R y k @ r d o " disse...

.
Leio a poesia da amiga noname. É uma poetisa de eleição. Ela diz não ser poetisa porque a sua humildade assim o exige. Mas não diz a verdade., lool. Adoro ler o que a noname escreve
.
Tenha um domingo recheado de Paz, Amor, esperança

Cidália Ferreira disse...

Pois eu desde que a sigo que acho que ela é uma Poetisa e das grandes! Aprecio a sua escrita. Admiro-a. Gosto muito dela! Parabéns Noname!


-
Mundo ao contrário ...
-
Beijos e um excelente Domingo

silvioafonso disse...

A sua amiga, querida Elvira, fala
coisas bonitas, digna da sua página,
minha amiga.
Um beijo, bom final de domingo e
boa noite.

Marta Vinhais disse...

Uma pergunta à qual todos queremos uma resposta... Porque estamos vivos num Mundo que continua a girar e temos que mudar...
Parabéns à Noname...
Obrigada pela visita
Beijos e abraços
Marta

Os olhares da Gracinha! disse...

Uma pérola poética 👏👏👏👏👏

HD disse...

Uma reflexão muito triste e sem esperança... :-(
Abraço

Lia Noronha disse...

Bem emocionantes palavras nesse momento tão fragilizado que estamos vivendo...intensamente!!
A poesia muitas das vezes...chega como um lenitivo para os nossos corações.
Um grade abraço para a autora e para ti.

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de paz, querida amiga Elvira!
Uma poesia bem atual e só mesmo poetizando para aliviar as penas dos dias preocupantes que todos vivemos, amiga.
Obrigada ela partilha.
Tebha dias abençoados!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

Isamar disse...

Olá Elvira,
Espero que esteja tudo bem consigo.
Mais uma belíssima poesia, gostei bastante!

Beijinhos

Majo Dutra disse...

Lindo!
Gostei de ler.
Beijinho
~~~

lua singular disse...

Oi Elvira

Adorei esse pseudômino "NONAME" da sua amiga, aqui no Brasil significa (Rapper) um tipo de música que eu adoro.
Suas poesias são lindas e delicadas.
Adorei
Beijos no coração
Lua Singular

Ulisses de Carvalho disse...

Não se diz poetisa, mas escreveu lindamente, é um belo poema! Um abraço, Elvira, espero que esteja tudo bem contigo.

CÉU disse...

Olá, estimada Elvira!

Um poema muito bem engendrado e muito bem escrito.

Integra-se no momento que estamos vivendo, todos, sem exceção, mas um amanhã ha de vir.

O mundo, apesar desta pandemia e de tantas outras no passado, nunca acabou. Sempre ficam alguns para contar como foi. A história disso se encarrega.

UM VIVA À VIDA!

Parabéns à Noname!

Beijos para todos vocês.

Maria Rodrigues disse...

Lindíssimo poema, não conhecia a poetisa, vou dar um saltinho aos blogues que indica.
Fique bem e tenha um excelente fim de semana.
Beijinhos

Megy Maia disse...

Olá querida Elvira.
Que lindo poema o da sua amiga.
Obrigada por compartilhar tamanha beleza.
O mundo precisa de luz.
Uma beijoca de gratidão e fé.
Megy Maia🌈