Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

MYRYAN FRAGA




BANQUETE

O vinho
Que eu bebo
E o preço
De um homem.

O prato que eu como,
Sem fome,
E o salário
Da fome
De um homem.

Mas,

O sonho que eu travo
Com fúria nos dentes

E somente a metade
Do sonho
De um homem.

Myrian Fraga





Aqui a biografia da autora




Estou com problemas nos olhos, em tratamento, e por isso como estou proibida de passar muito tempo no pc, por vezes visito, leio, mas não comento. Para poder visitar mais amigos e ler mais textos.

18 comentários:

Dalva Molina Mansano disse...

Eu gostei demais do poema! Fiquei encantada! Um grande abraço e melhoras para você! Bênçãos para seu olhos!

Maria Emilia Moreira disse...

Olá, boa noite!
Andei a ler as últimas publicações. É sempre muito proveitosa a visita. Rápidas melhoras. Um abraço.
M. Emília

LUZ disse...

Olá, estimada Elvira!

Desejo que esteja melhor dos seus olhos. Por isso, tem óculos escuros na fotografia.
Poupe-os. Eu sei que nos viciamos nos blogues, mas a visão é um dos sentidos mais importantes, que temos.
E como gosta de escrever contos, em geral, com partes longas, pior para a saúde da sua visão.
Não se preocupe em comentar os meus blogues. Gosto dos seus comentários sintéticos, graciosos e inteligentes, mas primeiro estão os seus olhos.

Quanto ao poema está lúcido, mas um tanto frio, para a minha maneira de ser. Está despido e cru.
A minha mãe dizia que há pessoas que ficavam mais bonitas com um vestido de chita, do que outras, com rendas e brocados.

Beijinho para todos.

Portal de blogs teia disse...

Parabéns, gostei muito do seu espaço, tem muito assunto interessante.
Estarei sempre por aqui.
Até mais

Pri Dotta disse...

Versos perfeitos! Amei e adorei a autora! (:
Beijos, até logo! ;*

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Já tinha lido Myrian Fraga mas não conhecia o poema. Nada romântico, muito consciente, do social.

Beijo,
da Lúcia

Lucian Rodrigues Cardoso disse...

Um poema que atinge diretamente ao estômago, como um soco! Se puder, me visite e seja um membro, ajudando na divulgação do meu humilde e novo espaço. Abraços, Lucian (http://www.poemasintrovestidos.blogspot.com.br/)

poetaeusou . . . disse...

*
e das Fraga(s)
que daqui avisto,
"penhascam"
o vinho,
o sonho,
o homem,
em tão belo banquete !
,
esfomeadas conchinhas, deixo,
*

Rita disse...

Olá minha querida um poema encantador
e falar sobre o vinho ficou mais bonito ainda, eu adorei e parabenizo por ele
Adorei te visitar é muito aconchegante por aqui
Deixo um bj carinhoso
Rita!!!!!
¨`*• (¨`•.•´¨) ♡ .•*

Isa Lisboa disse...

é um poema bastante interessante, este, gostei muito das ideias que ficam no ar!

Desejo-lhe rápidas melhoras!

Beijos

Severa Cabral(escritora) disse...

Minha querida amiga !!!!!
Desejo saúde e bençãos para que seus olhos fiquem bem ...
Você tem o poder das escritas nas mãos ...lindo esse poema ...encantador,como tudo que escreves ...
bjs de melhoras !!!!!

Evanir disse...

A saudade é a maior prova do que o passado valeu a pena nossa grande amizade
e o tempo vai passando os laços se tornam cada dia maior.
Agradeço por estar presente nos bons e nos maus momentos.
Aqui passei os melhores 7 anos de minha vida, fiz amigos, muitos dos quais,
me acompanharão para sempre.
Por isso tenho que comemorar a vida sempre.
Devo esquecer aqueles que me impuseram obstáculos infundados e agradecer àqueles que me impulsionaram adiante.
É hora, mais do que nunca, de valorizar as amizades e os conhecimentos adquiridos aqui.
Esse é um momento especial! É hora de olhar para trás e ver por tudo o que já passei.
Sem dúvida, muitas tristezas e conflitos mas, felizmente, por inúmeros bons momentos,
de alegria, de vitórias e de amizade sem Fim.
Esta tudo em paz estou voltando aos poucos
meu carinho por é muito grande você sua amizade me da a coragem
que preciso para continuar
lutando vivendo sorrindo e amando.
Um feliz final de semana beijos na sua alma,Evanir.

Carlos Rímolo disse...


Querida amiga Elvira ! Tem um SELINHO de
20013, para você.
É apenas um símbolo de nossa amizade que ora se inicia.
Basta ir ao “campo” no lado direito do
Meu Blog. e o achará em “selos para
Os amigos”. Não tem códigos, basta salvar
Em seus arquivos e colá-lo no “Campo imagem”
Do Layout do seu Blog.
“ESTE BLOG. É OURO”, é o título deste novo
Selinho. Obrigado por ser minha amiga.

Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

POETA CIGANO – 19/01/2013

“Poesias do Poeta Cigano”

http://carlosrimolo.blogspot.com

Macaé – Rio de Janeiro – Brasil.

Maria Rodrigues disse...

Atual e pertinente este belo poema.
As suas melhoras amiga.
Beijinhos
Maria

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Um poema muito profundo e actual, não conhecia a poetisa.
desejo as melhoras e deixo um beijinho com carinho.

Sonhadora

Lu Nogfer disse...

Minha querida!

Estive ausente mas devagar vou visitando todos os seus espaços!
Gostei muito deste aqui tambem!

Melhoras viu!

Abraços apertados!

MARIA DA FONTE disse...

Sem palavras. Adorei.
Abraços

São disse...

Amiga, em primeiro lufar , espero que resolva depressa e bem os problemas que refer.

Sugestão para o computador; escrever num tipo de letra bem destacado e em maiúsculas.

Quanto ao poema, gostei de conhecer a autora.

Bom resto de semana

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...