Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

sábado, 6 de fevereiro de 2010

ROSA LOBATO FARIA




E DE NOVO A ARMADILHA DOS ABRAÇOS

E de novo a armadilha dos abraços.
E de novo o enredo das delícias.
O rouco da garganta, os pés descalços
a pele alucinada de carícias.
As preces, os segredos, as risadas
no altar esplendoroso das ofertas.
De novo beijo a beijo as madrugadas
de novo seio a seio as descobertas.
Alcandorada no teu corpo imenso
teço um colar de gritos e silêncios
a ecoar no som dos precipícios.
E tudo o que me dás eu te devolvo.
E fazemos de novo, sempre novo
o amor total dos deuses e dos bichos

Rosa Lobato Faria

Biografia

Filha de um oficial da Marinha, Rosa Lobato de Faria cresceu entre Lisboa e Alpalhão, no Alentejo. Era viúva de Joaquim Figueiredo Magalhães, editor literário, desde 26 de Novembro de 2008.

Enveredou pela representação ao participar, na televisão, em séries (1987 - Cobardias, 1988 - A Mala de Cartão, 1992 - Crónica do Tempo, 1992 - Os Melhores Anos), sitcoms (1987 - Humor de Perdição, 1990 - Nem o Pai Morre Nem a Gente Almoça, 2002 - A Minha Sogra é uma Bruxa, 2006 - Aqui Não Há Quem Viva) e novelas (1982 - Vila Faia, 1983 - Origens, 2004 - Só Gosto de Ti, 2005 - Ninguém como Tu). Assinou o argumento de Humor de Perdição (1987), Passerelle (1988), Pisca-Pisca (1989), Nem o Pai Morre Nem a Gente Almoça (1990), Telhados de Vidro (1994) e Tudo ao Molho e Fé em Deus (1995).

Como romancista, publicou os livros O Pranto de Lúcifer (1995), Os Pássaros de Seda (1996), Os Três Casamentos de Camila (1997), Romance de Cordélia (1998), O Prenúncio das Águas (1999), galardoado com o Prémio Máxima de Literatura em 2000, A Trança de Inês (2001), O Sétimo Véu (2003), Os Linhos da Avó (2004) e A Flor do Sal (2005). Em co-autoria participou em Os Novos Mistérios da Estrada de Sintra e Código d' Avintes. Para além disto publicou contos infantis (A Erva Milagrosa, As quatro Portas do Céu e Histórias de Muitas Cores).

Na poesia foi autora de A Gaveta de Baixo, longo poema inédito, acompanhado de aguarelas de Oliveira Tavares, estando o resto da sua obra reúnida no volume Poemas Escolhidos e Dispersos (1997). Para o teatro escreveu as peças A Hora do Gato, Sete Anos – Esquemas de um Casamento e A Severa. Foi ainda a letrista que, a par de José Carlos Ary dos Santos, permanece como a mais bem sucedida no Festival RTP da Canção, tendo obtido quatro vezes o primeiro lugar com Amor de Água Fresca (1992), Chamar a Música (1994), Baunilha e Chocolate (1995) e Antes do Adeus (1997).

Experimentou o cinema, sob a direcção de João Botelho, em Tráfico (1998) e A Mulher Que Acreditava Ser Presidente dos Estados Unidos da América (2003), além dos filmes de Lauro António, Paisagem Sem Barcos (1983) e O Vestido Cor de Fogo (1986) e de Monique Rutler, 'Jogo de Mão (1984).

Rosa Lobato de Faria, senhora de uma personalidade bastante forte, impunha-se pelo seu porte distintíssimo e pelo espírito perfeccionista que punha em todos os seus trabalhos, era uma das escritoras e actrizes que será sempre lembrada pelos seus papéis em novelas e por ter escrito letras de músicas para vários cantores.

Rosa Lobato de Faria morreu a 2 de Fevereiro de 2010 em Lisboa, aos 77 anos de uma anemia grave.

Biografia retirada da Wikipédia



BOM FIM DE SEMANA

9 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ QUERIDA ELVIRA, MARAVILHOSA BIOGRAFIA ... ADOREI... ROSA LOBATO DE FARIA, ERA UMA MULHER COMPLETA... EU ADORO TUDO QUANTO ESCREVEU... FAZ MUITA FALTA NO NOSSO PAÍS... MAS É ASSIM A VIDA...!

ABRAÇOS DE MUITO CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Adolfo Payés disse...

Por mi ausencia me disculpo.. ya regreso para poder leerte como de costumbre..

Un abrazo
Saludos fraternos..

Que disfrutes el fin de semana...

Pd:Lo siento por mi ausencia..

Sonia Schmorantz disse...

"É a possibilidade que me faz continuar e não a certeza. Uma espécie de aposta da minha parte. E embora me possam chamar sonhador, louco ou qualquer outra coisa, acredito que com Deus tudo é possível..."
Um lindo domingo e ótima semana!
abraços

Brancamar disse...

Obrigada Elvira por nos ter trazido um poema belíssimo da Rosa Lobato Faria, como eram todos os seus poemas, sempre transbordantes de amor.
Beijinhos para si.
Branca

Fernanda disse...

Amiga Elvira,

A nossa Rosa Lobato Faria...
Linda a sua escolha. Sou verdadeiramente fã desta grande Senhora, que ficará para sempre com a sua maravilhosa obra.

Abraço,

EDUARDO POISL disse...

MULHER II

Mulher é a expressão maior do amor
É semelhante uma flor
Consigo carrega o perfume
Que encanta e da alegria a vida.
Deixando-a mais sensível, alegre e bonita.

Mulher é a musa do poeta
Que em versos expressa o carinho
A sensibilidade, a delicadeza
A sexualidade e toda a beleza
Que há neste Ser de olhar frágil
Meigo e amável
Fonte inesgotável de inspiração.

Mulher é a manifestação
De um Deus invisível
Que se torna visível
No amor e ternura que nela há
Onde seu Ser se esvazia
Amando com total dedicação.
O Ser amado e sua criação.
Quando ama, ama sem limites
Mesmo que a dor
Seja sua constante companhia.

(Ataíde Lemos)

"FELIZ DIA INTERNACIONAL DA MULHER!!"
Abraços com carinho

Maria disse...

Adorei o seu blog.
Parabéns
bjs
Maria

日月神教-任我行 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,性感影片,正妹,聊天室,情色論壇

Pedrasnuas disse...

Os braços quando sabem apertar na medida certa...seguram e não deixam escapar... Gostei muito

Abraço de sábado extensível ao domingo

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...