Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

domingo, 15 de novembro de 2009

UMA MARIA



Sinto-me apanhada
Pela fantasia da vida.
Germina dentro de mim
A possibilidade de caminhar
Com os pés desnudados,
Deixar o cabelo ao vento
Desprovido de laços ou enfeites
E o peito arregaçado
Até à ternura.
Levanto a saia
Até à cintura,
Entrego-me a esta areia
Branca
Molhada
E rebolo o corpo,
A alma
Até à borda do mar.


Quem se importa comigo?
O homem de cigarro no canto da boca
de olhar esvaziado?
O velho agarrado ao seu bastão
Que caminha junto ao paredão?
Talvez a Maria
Que se aproxima
E vê outra mulher
Que jaz na areia molhada
À espera que o Mar a venha buscar.

Maria José Areal.


Maria José Areal já faz parte da galeria de mulheres-poetas deste blogue. Poderão encontra-la com facilidade pela barra de pesquisas da sidebar.
Não é meu hábito fazer repetições, por muito que goste da autora em questão, a não ser se houver um facto especial. Uma blogagem colectiva, o lançamento de um novo livro etc.
Desta vez estou repetindo Maria José Areal, porque a autora teve a gentileza de me oferecer através de uma sua familiar, a dois dos seus livros de poesia. "À DERIVA" de onde saiu "Uma Maria" e "Sabor a Sal e a Mel" dois livros que aconselho vivamente a quem gosta de poesia.
À autora e à , o meu muito obrigada

A QUEM POR AQUI PASSA, RESTO DE BOM DOMINGO E UMA BOA SEMANA

11 comentários:

FERNANDA & POEMAS disse...

QUERIDA ELVIRA, NUNCA É DEMAIS QUANDO OS POETAS OU POESITAS TEM TRABALHO DE QUALIDADE...
ADOREI QUERIDA ELVIRA, OBRIGADA POR ME DARES A CONHECER, MAIS UMA MULHER DE TALENTO ÍMPAR...!
ABRAÇOS DE CARINHO E TERNURA,
FERNANDINHA

Isamar disse...

Este poema é lindíssimo e tocou-me profundamente. A Maria, o mar são duas das minhas grandes paixões.

Bem-hajas!

Beijinhos

gaivota disse...

sempre juntas, o mar e a maria...
por isso a maioria das mulheres porguesas são marias! temos o mar que corre nas nossas veias...
e as minhas netinhas "holandesas" são maria, uma antes, outra depois...
lindo poema, elvira!
beijinhos

Adolfo Payés disse...

Que bello leerte.. me gustó..


Un beso

Un abrazo
Saludos fraternos..

Que tengas una semana lena de éxitos...

Pedro Ferreira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Fernanda disse...

Querida amiga Elvira,

Muito obrigada pela excepção aberta...a Maria José fica-lhe muita grata.
Sei que vai adorar esse dois livros, cada página, cada palavra.
Sei que já a admirava, agora vai ficar a adorar, apesar de quase todos os seus poemas serem muito sofridos, mas assim ela terá sentido a sua vida, pelo menos na altura.

Esta também é uma das minhas favoritas.

Obrigada

Abraço

Fatima disse...

Boa semana Elvira

São disse...

Se a poesia é de boa qualidade, não vejo mal na repetição.


Deste poema , gostei bastante.

Bem haja!

Fernanda disse...

Querida amiga Elvira,

A Maria José ficou de passar por aqui, se calhar até já passou, mas ela não percebe nada de Blogues e o mais provável é nem tenha comentado só porque não o sabe fazer.
Desculpe-a, vou-lhe mandar outra vez o link, pode ser que tente e consiga.

Beijinhos

Fernanda disse...

Amiga Elvira,
Recebi esta madrugada dois e-mails muito idênticos da Maria José, este é para si, aqui está.
Abraço



Olá Fernanda.
Visitei o blog da Elvira
Fiz várias tentativas escrevendo na quadrado do comentário mas não consegui enviar...
Falta de jeito ou de saber por onde passar.
Transmite , por favor, à Elvira;
"O meu agradecimento para quem divulga e ama esta forma de denunciar e anunciar o mundo, a poesia.
São as nossas lutas, as nossas vontade trancadas, os nossos beijos alados.
São os ventos de Norte, os voos cortados e as palavras em dó maior.
É a maresia, a serra escarpada e a ternura arregaçada.
Será a vontade de estar à borda do Mar e à tua beira."


Um abraço para ambas e em poesia ficamos a olhar o mundo sem ficar à margem do seu pulsar.
Maria José Areal

O mar me encanta completamente... disse...

Saudades Elvira,
Fico feliz demais ao ver sua obra literária...
O mundo blogueiro só tem a ganhar com sua presença e de sua sensibilidade.
Há alguns dias não vinha aqui, aproveitei e me alimentei de
uma farta porção de sua inspiração... Li um montão..rs
Hoje vim te ler, e compartilhar com você um presente:
Sou a poetisa da semana no Blog do VALTER POETA e
é claro, gostaria que lesse, e caso queira, opine.
É sempre pra mim um prazer e uma honra saber sua concepção,
sua opinião, seu parecer.

Te espero...

http://valterpoeta.blogspot.com


Beijinhos...

Glória

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...