Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

Seguidores

quinta-feira, 3 de setembro de 2020

LAÍS CORRÊA DE ARAÚJO



Ato de contrição


Não me arrependo de meus erros:
nada mais que sofrimento e vida.
Não me arrependo de meus beijos:
deixaram um pouco de mim
em muitas bocas.
Não me arrependo de meus pensamentos:
eram belos como mulheres nuas.
Perdoai, Senhor, se alguma vez
não fui eu mesma.
 



- Laís Corrêa de Araújo, em "Caderno de poesia". [sel. e org. Affonso Ávila e Wilson de Figueiredo; ilust. Washington Junior]. Belo Horizonte: Santelmo Poesia, 1951.



AQUI a biografia da poeta

16 comentários:

chica disse...

Intensidade nos versos lindos! Gostei! beijos, tudo de bom,chica

Isamar disse...

Olá querida Elvira,
Sem você eu não conheceria estas talentosas poetisas. Obrigada pela partilha.
Espero que esteja tudo bem consigo.
Resto de um Domingo feliz!
Beijinhos

" R y k @ r d o " disse...

Intenso, profundo, fascínio de leitura, poeticamente falando.
.
Um domingo feliz
Abraço

Marta Vinhais disse...

Não conhecia a poetisa....
Um poema intenso... mas não há que pedir desculpa se vivemos com alegria e prazer a vida....
Obrigada pela visita, vou dar voz à geração mais nova da família, veremos o que acontece.
Beijos e abraços
Marta

silvioafonso disse...

Elvira, meu amor. A Laís arrebenta,
"né" não?
Um beijo, meu anjo, bom dia e fique
com Deus.

HD disse...

Nunca nos devemos arrepender dos nossos melhores momentos!
Muito bonito! :-)
Um abraço, muita saúde e uma boa semana.

São disse...

Não conhecia.


Beijinho com voto de excelente Stembro

Cidália Ferreira disse...

Adorei a publicação!:)


Beijo, e uma excelente noite.

lua singular disse...

Oi Elvira,
Uma clamor diferente
Beijos
Lua Singular

Smareis disse...

Boa noite Elvira!
Que linda essa poesia.Eu não conhecia o trabalho dessa autora, muito bom.
Uma otina noite!
Excelente mês de setembro.
Beijos!

Megy Maia disse...

Olá querida amiga Elvira!
Que lindas palavras!
Enchem nossas almas de infinitas recordações.
Uma partilha deliciosa de se ler!
Um grande abracinho!🌼💙🌼
Megy Maia🌈

María disse...

Qué bonitos versos.

Besos.

lua singular disse...

Oi Elvira,
Adorei o Ato de Contrição é a melhor oração que existe.
Parabéns
Lua Singular

lis disse...

Clamar pelo perdão é um ato corajoso e bonito.
Gostei do poema.
Fica bem Elvira e obrigada por nos fazer conhecer novos escritores/poetas.
meu abraço e boas semana

Ailime disse...

Boa tarde Elvira,
Um poema excelente, muito profundo.
Adorei conhecer esta poetisa.
Um beijinho.
Ailime

ROSELINE DAVIDSON disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.