Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

segunda-feira, 19 de março de 2018

DIA 19 DE MARÇO - DIA DO PAI

MEU PAI

“Gosto de rever
a imagem forte do meu pai,
tremendo o assoalho
ao caminhar.
É doce me lembrar
como se temia
quando ele perdia
a abotoadura,
o guarda-chuva,
a chave de fenda!
Hoje é lenda
a figura enigmática,
a disciplina dura,
a rotina sistemática.
O pai não morre,
ele corre na frente
pra levantar o segredo do véu
e guardar pra gente
o lugar mais estrelado do céu.”
Autor: Ivone Boechat

Ivone Boechat  já faz das poetisas deste espaço. Quem quiser conhecer melhor é só pesquisar ali na sidebar

5 comentários:

✿ chica disse...

Po0esia linda pra homenagear o pai...Parabéns pra todos! bjs, chica

Ana disse...

Uma bonita homenagem =)
Beijinhos,
http://chicana.blogs.sapo.pt/

Cidália Ferreira disse...

Maravilhosa homenagem aos Pais.
Já não tenho. Porém não me deixou saudades.

Desejo um feliz dia para o Pai dos meus filhos e para todos os Pais.

Beijo e uma excelente semana.

CÉU disse...

olá, estimada elvira...

um poema diferente neste dia, mas que se adapta a todos os outros.
eu sou contra o dia disto e daquilo, pke dia da mãe, da criança, da mulher, da árvore etc. deveria ser todos os dias do ano, mas, enfim, a parte comercial apoderou-se destes acontecimentos e deu no que deu.

pois, antigamente a figura do pai era vista com respeito e mto amor. eu não tenho razão de queixa, pke o meu pai era um santo, entre aspas.

atualmente os pais normais continuam a amar os filhos, mas a vida k levam, profissional e particular, é mto diferente da antiga e tudo é feito por acordos com os filhos. e para os entreterem, dão-lhes artigos de marca e telefones espertos. evidente k há exceções, mas a grosso modo é assim. acredito que queiram ir a frente dos filhos, aliás, lei natural da humanidade e fazerem-lhe no céu um bom lugar.

grata pela sua visita e palavras qto ao meu poema. eu só vejo blogues e comento no computador de secretária.

beijinhos para todos e um especialmente para a Nita.

Gil António disse...

Fico sempre emocionado quando leio poemas a homenagear o pai ou a mãe. Magistral quando vivem no nosso coração mesmo depois de Deus se lembrar de os levar para o seu lado. Amei ler.
.
* Mulher de Pedra, dormindo entre a Verdura. (Poetizando e Encantando). *
.
Um domingo feliz
Cumprimentos poéticos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...