Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

sábado, 10 de dezembro de 2016

NATAL


             Foto Daqui


Natal

Meu querido Jesus:
Aqui estou neste sítio pobre
Nesta rua fria
Com as árvores vermelhas
A anunciar a tua chegada.
Os anjinhos de estrelas
Que vieram a meu lado
Quando eu estava sentado naquela rocha
Disseram-me que não chorasse
Porque teria umas calças vermelhas
E uma camisola de lã branca.
Mas só tenho os pés roxos
Os dedos não os sinto.
Se me deixasses uma caixa de fósforos
Para me aquecer
Ou me levasses nos braços para o céu
Como se fosse um farrapo de neve
Essa era a minha melhor prenda de Natal.

Maria Rosa Colaço in "A criança e a vida"

5 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Um texto lindo demais!

Bom fim de semana.

Beijo

Donetzka Cercck Lavrak Alvarez disse...

Lindo demais esse texto e triste ao mesmo tempo,porque no natal quantas crianças desabrigadas ainda precisando somente de tão pouco!


Beijos sabor carinho e um Natal com muitas bênçãos

Donetzka

Blog Magia de Donetzka

SILO LÍRICO - Poemas, Contos, Crônicas e Outras disse...

Bela poesia, mas muito triste para a ocasião de festividades. Pensemos nos pobres e demos o que pudermos aos necessitados, mas pensemos coisa alegres como a vinda de Deus filho que fez-se gente para exatamente nos tirar do lodo moral, espiritual e também econômico, pois mandou dar a Cezar o dele, e que a nós o nosso pão de cada dia. Grande abraço. Laerte.

© Piedade Araújo Sol disse...

Um belíssimo poema de Natal embora nos fale da tristeza de quem não tem Natal
uma bela escolha
beijo
:)

manuela barroso disse...

Uns com tanto, outros sem nada!
Feliz natal
Beijinho

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...