Bloquear botão direito do mouse: Bloquear seleção de texto: Bloquear tecla Ctrl+C/Ctrl+V: Bloquear arrastar e soltar:

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

ORA TENHAM JUÍZO

ORA TENHAM JUÍZO...
Falam as notícias da Palestina
de Israel e dos bombardeamentos,
na Faixa de Gaza 
Falam da reeleição de Obama.
Do julgamento do” mensalão”
e do escândalo que envolve o ex-director da CIA. 
A nós de que têm que nos falar?
Falam do novo presidente chinês,
Da guerra civil na Síria,
A par das cheias em Itália.
Falam dos índices de mercado,
E do furacão que atingiu a América.
No Brasil o Presidente do comité olímpico internacional
Não esteve presente  – dizem que está doente, -
-na reunião de preparação dos Jogos Rio 2016.
Em S. Paulo e em Stª Catarina cresce a violência.
A senhora Merkel visita Portugal,
Que se prepara para uma greve geral.
Na Grécia é aprovado um novo pacote de austeridade,
Cavaco Silva  recebe o presidente da Colômbia.
E Vale e Azevedo finalmente foi preso.
Dizem que a cada semana surge uma nova droga
na Europa. E que esta está agonizante
pois a recessão já ameaça Alemanha e França.
Portugal foi ao Gabão empatar.
E o desemprego continua a aumentar.
Falam da troika, do Orçamento e do aumento de impostos.
Dizem que é por causa da crise,
que os portugueses andaram a gastar demais,
e que hoje quando nasce um bebé, já vem
devedor do estado em 20.000 €.
A nós nos vêm dizer que gastamos demais?
A nós que nunca frequentámos uma faculdade
porque o dinheiro mal dava para comer.
A nós que nunca viajámos para o estrangeiro
a não ser para trabalhar como emigrantes.
A nós que nunca pisámos o átrio de um hotel,
a não ser como empregados do mesmo.
A nós que nunca tivemos outra conta no banco
Que não seja a do depósito do ordenado.
Ou da reforma. Que aliás fica a zeros
 mais de metade do mês.
A nós que nunca comprámos um vestido de marca,
Ou um perfume caro.
A nós que nunca provámos caviar, e
que rebatizámos de champanhe
o espumante rasca dos brindes, nos raros momentos de alegria
A nós que morremos sozinhos
e apodrecemos em casa
 sem ninguém dar por isso.
Porque como bestas de carga trabalhámos a vida inteira
e a reforma de miséria não dá para pagar um lar
onde possamos morrer com dignidade.
A nós nos vêm dizer que gastamos demais?
Ora tenham juízo…

elvira carvalho 

31 comentários:

Maria Teresa Fheliz Benedito disse...

Bravo Elvira!
E a culpa sempre jogam em nós e os líderes sempre tem razão.
Que justiça é essa?
Que lei é essa?
Estou cansada de tanta injustiça, ainda bem que tenho Fé e sei que Deus tudo vê e é JUSTO.
Um abraço querida.

✿ chica disse...

Tua indignação é justa e tudo bem colocado!! A coisa é séria!! beijos,chica

LUZ disse...

Olá, estimada Elvira!

Tanta cultura geral!
Todos os factos, presentes neste seu texto estão, historicamente, tão bem encadeados.
Sabe coisas que eu não sei, não ligo, pura e simplesmente.

Fala, também, a indignação de quem passou por momentos nenos bons.
CARAMBA! Agora, lembrei-me de um poema meu, onde digo esta palavra, isto UM DIA ha de acabar.
Deus encarregar-se-á dessa tarefa.

Beijinhos para todos.

PS: até ao Natal, ainda conversamos, se Deus quiser.

lis disse...

Oi Elvira
um grito poético e muito verdadeiro,
quem são eles para dizer algo ao povo?
uns covardes!
Parabéns pela inspiração sempre presente quer na prosa ou na poesia,
meus abraços e que tomem mesmo Juízo!! rs

MARILENE disse...

O povo é sempre o culpado. A corrupção maior está no alto, onde nada falta, nem olhos para ver os estragos que causam. Bjs.

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite minha querida !
A indignação faz morada nos teus posts,sabes gritar poeticamente e é muito bom gritar quando tudo está errado !!!!
bjssssssssssssssssss

rosa-branca disse...

Olá amiga Elvira, um poema que é um grito, pois temos mesmo que acordar deste transe em que andamos. Adorei amiga. Beijos com carinho

Maria Emilia Moreira disse...

Olá Elvira!
Assino por baixo. Estou plenamente de acordo. Este naipe de" politiqueiros" andam a gozar connosco. Quando os conseguiremos " varrer do poleiro"?!
Já nem os consigo ouvir nem ver.
Um grande abraço.
M. Emília

Dorli disse...

Oi Elvira
Passando para agradecer o comentário no meu conto no blog do Vendedor de ilusão.
Muito Obrigada
Lua Singular

manuela barroso disse...

Grande Elvira!
Grande poeta com as palavras em setas em alvo certeiro!
Tantas verdades condensadas num só grito que é o grito de tantos de nós!grande abraço!

Dalva Molina Mansano disse...

Elvira, primeiramente, quero lhe dizer que esta visita a seu Blog trouxe-me um encantamento! Parabéns pelo seu texto, que é calcado em nossa triste realidade e pleno de verdades que precisam ser ditas! Foi um prazer estar aqui! Abraço!

Smareis disse...

Na verdade a culpa sempre é colocado em cima do povão.
Gostei muito do seu texto.
Ótima semana!

E aproveito desde já, pra te desejar um Natal cheio de muitas alegrias, e que o espírito do Natal te guie durante o ano novo que está para começar. Feliz Natal e Próspero Ano Novo!
Beijos!

Refletindo com a Smareis

Bento Sales disse...

Olá, amiga Elvira!
Olhando por esse ângulo, percebemos que a vida não é mesmo fácil para a maioria das pessoas comuns.
Mas, diante de tantos problemas e dilemas, ainda sobrevivemos para contar a história.
Amiga, fiquei admirado ao ver elencados por ti tantos fatos importantes, que influenciam sobremaneira nossas atribuladas vidas hoje.

Abraços.

AFRICA EM POESIA disse...

ELVIRA



venho deixar um beijinho.
Gosto muito de ti
Tenho tido pouco tempo e os dias têm sido curtos
deixo uma mensagem de Paz e Esperança
e umas letras para nos inquietar...

DIVAGANDO

É Natal
De Pobres e ricos
De novos e velhos...

De gente que sofre...
De gente que ama...

Neste desencontro...
E neste encontro ...

Afinal...
É mesmo Natal...



LILI LARANJO (Magia de Natal)

Centelha Luminosa disse...

OLá Elvira, boa noite!

Há tempos não lia um texto tão coerente e bem-escrito, no que diz respeito às verdades que muitos fecham os olhos pra não ter que se posicionar.

Falaste verdadeiramente sobre várias situações que vivenciamos no dia a dia, que nos revoltam, mas aos quais nos sentimos impotentes para reagir a eles. Mas fica na tua crônica poética um convite à reflexão de todos nós!

Feliz Natal, Elvira, pra ti e toda a sua família!

Beijos da Lu...

ana costa disse...

De pé e aplaudindo...
Esta seria a maneira mais justa para honrar esta tua/nossa indignação/revolta/verdade...
Bravo, Bravo Elvira...
Beijo e um lindo Natal

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Um texto simplesmente maravilhoso e de uma verdade profunda.

Os meus votos de Feliz Natal junto de todos que te são queridos e
que a felicidade e o amor estejam sempre presentes na tua vida.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

poetaeusou . . . disse...

*
Virtual Amiga,
,
Juízo, ou juízo final,
para os senhores da Guerra !

um Mar de Felicidade,,
entre ondas de Saúde,
desejo.

Luzentes Conchinhas,
ficam.
*

Neyde Arte Artesanato disse...

AMIGA VIM AGRADECER TEU COMENTÁRIO EM O ADEUS DE ARMANDO,VOLTAREI PARA REVER TEU LINDO BLOG, BOM NATAL E UM ANO NOVO DE MUITAS ALEGRIAS! BEIJOS

MARIA DA FONTE disse...

Por onde anda a justiça? Gostei.
Beijos e continuação de um bom Natal.

Nádia Santos disse...

Teu grito de indignação e protesto é o de muitos, enquanto ele falam diariamente de coisas que à maioria da população não diz respeito, a maioria quer ter sua dignidade de volta e ter direito ao mínimo... trabalho, saúde, educação, moradia e uma alimentação decente. Bravo querida! Um carinhoso beijo para ti.

Evanir disse...

Com muita alegria venho agradecer
pelo seu carinho na Noite de Natal.
Com fé amor e esperança haveremos
de festejar juntos o ano novo
que se aproxima .
Minha minha última postagem de 2012
será postada Dia 28 de Dezembro.
Hoje só postei agradecimento pelo
carinho de Natal.
Dia 28 farei a última postagem
no decorrer do último Dia do Ano
só entrarei Dia 31 para avisar quem foi o ganhador
do meu livro.
Um Do Brasil outro de Portugal.
Ainda esta em tempo basta pegar o selinho
e avisar no blog .
Beijos no coração carinhos na alma.
Evanir..

Severa Cabral(escritora) disse...

Boa noite minha querida amiga toda iluminada.
Iluminada sempre
nas palavras que leva até meu blog,
com carinho sem igual.
Sempre leio suas mensagens
com muita, muita atenção
pois tudo o que escreve
desperta em mim emoção.
Você é um amiga preciosa
que cuidadosamente vou reter
do lado esquerdo do peito
para jamais o perder.
Neste momento especial
quero também desejar
saúde paz e amor
para sua vida encantar.
Que as festas natalinas tenha te feito mais iluminada ...
bjs com o sabor de restinho de festa !!!!!!!

LUCIENE RROQUES disse...

Muito bom o texto; tanta problematica social misturada a hipocrisia de que os menos favorecidos não o são. Muito boa poesia social.
Um feliz 2013 e
Um grande abraço!

LUZ disse...

Olá, estimada Elvira!

Espero que o seu Natal tenha sido bom, isto é, em família e no topo da mesa, a PRINCESINHA da festa: a Nita.

Estive a reler este seu poema, porque os factos estão tão bem "metidos", ora está em Portugal, ora está no estrangeiro, que me apeteceu voltar a lê-lo.

PARABÉNS PELO SEU TALENTO E VISIONISMO.

Beijinhos, com estima.

Maria Rodrigues disse...

Amiga Elvira passei para desejar um excelente ano Novo. Que 2013 seja um ano de realizações pessoais e profissionais, sonhos realizados, alegrias constantes, saúde e incontáveis momentos felizes.
Beijinhos
Maria

Dorli disse...

Oi Elvira!
Gostei do seu grito de repulsa.
Mas, infelizmente uma andorinha só não faz verão.
Quem somos nós pequenas formiguinhas à lutarem com os donos do poder?
O Mundo já foi melhor e, a cada dia que passa você tem que pagar para tudo, não me assustaria se houver uma lei que teremos que pagar para respirar.
Já está difícil "engolir" essa cúpula de privilegiados, imagine ter que pagar para respirar. Acho que irei morrer...
Beijos, gostei da sua coragem, pois esse adjetivo sempre fez e faz morada na minha vida.
Bom ano-novo para você e para toda família
Beijos
Lua Singular

Evanir disse...

O ANO ESTÁ CHEGNDO AO SEU FINAL.
CADA MÊS DE 2012 VIVIDOS FORAM MARAVILHOSOS
TREMENDAMENTE ABENÇOADOS POR DEUS.
TEVE TANTOS DIAS DIFERENTES UM DO OUTRO
CADA TROPEÇO UM APRENDIZADO.
OS MESMOS ERROS NÃO SE REPETIRAM NO ANO NOVO.
AS MESMAS ALEGRIAS TAMBÉM NÃO VOLTARAM
A SE REPETIR .
POIS ALMEJAMOS A CADA DIA SERMOS MELHORES E MAIS FELIZEZ.
TÁ CHEGANDO A HORA , JÁ É CONTAGEM REGRESSIVA
A SEPARAÇÃO DE 2012 PARA 2013 É ENEVITAVEL O TEMPO NÃO PARA.
DESEJO UM ANO NOVO DE DURADOURA FELICIDADE.
OBRIGADA PELO CARINHO .
OBRIGADA POR CADA VISITA ESPERO PARA TODOS NÓS.
UM ANO NOVO DE SAÚDE PROSPERIDADE E ACIMA DE TUDO
FÉ, POIS É NOSSA FÉ QUE FAZ MOVER O MUDO DENTRO DE
CADA UM DE NÓS.
FELIZ 2013.
BEIJOS NO CORAÇÃO CARINHOS NA SUA ALMA.
CONTO CONTIGO ,,EVANIR

LUZ disse...

olá, estimada Elvira!

Agradeço e retribuo os seus votos de Feliz Ano Novo.
Será, se Deus quiser.
Saúde e paz é o mais importante.

Beijinhos para todos.

Emília Pinto e Hermínia Lopes disse...

Gostei deste grito de revolta, é o grito de milhares de mulheres e homens,deste País, que o ajudaram a engradecer, que este ano se ajuste ,que o pobre não espere pelas migalhas do rico, que as oportunidades surjam a par.
Gostei e Parabéns.
Herminia

Cesar S. Farias disse...

Á meu ver, crítica e poesia deveriam caminhar constantemente de mãos dadas. Parabens, Elvira.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...